quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Realizações do Grupo Liet - Projeto Investigações em Linguística Aplicada


PROJETO INVESTIGAÇÕES EM LINGUÍSTICA APLICADA ENTRE POLÍTICA LINGUÍSTICA À EDUCAÇÃO BILÍNGUE - O CASO DOS TEKOHÁ KUERA NO MS

APROVADO PELO EDITAL DO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA - CAPES EM CONSÓRCIO COM DEB/INEP (2009)
COORDENAÇÃO GERAL - Profª Drª Maria Ceres Pereira
INÍCIO DO PROJETO - DEZEMBRO DE 2010
                                                                      
                                                                    REALIZAÇÕES                                                                                                                                                             
                O Projeto Investigações em Linguística Aplicada atuou em três áreas: pesquisa, formação de professores indígenas e publicações. Os Seminários se constituíram na forma de maior socialização de divulgação dos resultados de pesquisa. A seguir apresentaremos um breve histórico das produções do mesmo.  

SEMINÁRIOS DE BILINGUISMO, DISCURSO E POLÍTICA LINGUÍSTICA - O primeiro ocorreu em agosto de 2010 em categoria Regional;
O Segundo Seminário passou a categoria internacional concomitante a I Jornada Internacional de Estudos de Linguagem reunindo com convidados do Paraguai, de Salvador e São Paulo - tivemos um público recorde de 400 participantes entre ouvintes, comunicações individuais, coordenadas e oficinas;
O Terceiro Seminário e II Jornada Internacional de Estudos de Linguagem ocorre nos dias 29 a 01/12 de 2012 reunido convidados de Assunção e de Ytuzaingo/Corrientes - Argentina, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Porto Alegre-RS.
Todos os eventos realizados foram apoiados 90% pelo projeto o que incluiu as passagens, hotel, alimentação e translados dos convidados.


PESQUISA
O projeto reuniu as duas linhas de pesquisa do Programa de Mestrado em Letras: Linguística Aplicada e Estudos de Fronteira e Estudos de Lingua(gens) e Discurso e as bolsas foram concedidas para mestrandos orientados pela Profª Drª Maria Ceres Pereira e Profª Drª Rita de Cássia Pacheco Limberti.
O total de bolsas do projeto contribuindo ao Programa de Mestrado foi de - seis bolsas
Resultados das pesquisas estão no prelo no livro Tetã Kaiowá - Pelos Campos Sul de Mato Grosso do Sul pela editora - LIFE/Campo Grande

PUBLICAÇÕES
Livros: Bilinguismo, Discurso e Política Linguística. Editora de Liz. Várzea Grande.MT - Reunindo pesquisas e conferencias do evento 2011;
Kutia moñe'êrâ Guaranime em colaboração com o Prof. Dr. Jorge Ramón Gómez - tratando-se de uma cartilha bilíngue voltada aos séries iniciais do ensino fundamental em escolas indígenas.
Tetâ Guarani - Pelos Campos Sul de Mato Grosso do Sul (no prelo) - editora Life. Campo Grande.MS
CD - Rom com registro de ISSN nº 2238-0329 reunindo os trabalhos apresentados no evento.
FORMAÇÃO DE PROFESSORES INDÍGENAS NA ÁREA DA LINGUAGEM
Esta formação reuniu 12 professores indígenas ao longo de 2010, a carga horária foi de 180 horas e destaca-se que todos foram bolsistas ao longo do curso. Destes, dois participantes hoje estão em Programas de Mestrado, uma na UCDB área de Educação e outra no Programa de Mestrado em Letras da Facale.
Formação pela sala da web - Curso Webkandiré com professores indígenas estimulando ao uso da língua na web na criação de blogs. Contamos com o trabalho técnico da Profª Drª Helena Dal Molin da Unioeste - Paraná.
Observação
As bolsas de mestrado foram reajustada ao longo do projeto atendendo os novos valores da Capes, assim, os valores das bolsas concedidas pelo projeto acompanharam os valores das bolsas de mestrado no valor de R$ 1.350,00. As bolsas de formação dos professores indígenas foram de R$ 650,00. As passagens aéreas, as estadias e diárias de professores convidados foram 100% financiadas pelo projeto assim como os eventos tanto de categoria regional como internacional. O projeto financiou a a aula magna da turma de Linguística no ano de 2010 com a presença do Prof. Dr. Gilvan Muller de Oliveira, na ocasião Presidente do IPOL - Instituto de Política e Investigações de Linguística. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário